A Profissão de Personal Trainer

PERSONAL TRAINER

O que é - Qual a função -  O que faz

Embora muito recente no Brasil, a profissão de personal trainer vem ganhando espaço ano a ano. A atividade já se mostrava promissora quando chegou ao Brasil, em 1990. Fatores como a má alimentação e a dificuldade em emagrecer sozinho faz com que as pessoas procurem esses profissionais. Por causa dessa expansão no mercado, cresceu o número de recém-formados em Educação Física que se especializam na área visando uma carreira promissora. Conheça mais sobre a profissão lendo abaixo.

 

O que é?

O Personal Trainer (em português, “treinador pessoal”) é um especialista em educação física cujo trabalho envolve o desenvolvimento de práticas individualizadas. Ele busca compreender o aluno para lhe recomendar as melhores práticas para seu caso. Também é comum que os personal trainers trabalhem com grupos em uma academia de ginástica ou em outros locais. Entre as atividades comuns aplicadas por ele estão corrida, musculação, aeróbica, pilates, yoga, danças, jogos esportivos entre outros.

O profissional da área pode atuar tanto de maneira autônoma, como em empresas públicas e privadas, como academias, escolas, clínicas, hospitais, clubes e Spas.

 

Qual a função?

O Personal Trainer não é apenas um instrutor, pois ele mantém o caráter de educador físico. Em escolas e academias ele é o responsável pelo planejamento e desenvolvimento de atividades físicas. Pode avaliar programas em clínicas, hospitais, creches, parques e em qualquer local onde se pratica exercícios. Se o profissional cursou disciplinas da licenciatura, ele também pode lecionar Educação Física.

 

As aulas práticas envolvem o desenvolvimento do condicionamento físico. Ele ensina pessoas e grupos rotinas de ginástica importantes para a saúde e bem-estar. O trabalho com idosos, por exemplo, envolve técnicas para melhorar a musculatura e a condição cardiovascular. Alguns profissionais são especializados em um esporte, e, dessa maneira, exercem o cargo de treinador de atletas ou equipes. Em hotéis, Spas e clubes, pode trabalhar desenvolvendo atividades recreativas para os hóspedes.

 

O que faz?

 

O Personal Trainer realiza, primeiramente, a avaliação física dos seus alunos, para, então, desenvolver, aplicar e supervisionar atividades físicas. A sua rotina costuma mudar de acordo com o local de trabalho. Mas é fundamental que conheça as características e limites daqueles que está treinando, para poder conceber as práticas necessárias. Baseado na capacidade de cada um, ele cria um programa que envolve, por exemplo, exercícios, jogos, uso de aparelhos de ginástica, e atividades similares.

 

Salário e formação

 

Recentemente a profissão foi regulamentada, e a atividade passou a ser exercida apenas por formados em Educação Física. Dessa forma, tanto preparadores como professores precisam de diploma. O curso possui a duração de 4 anos.

 

O salário varia de acordo com a região, a especialidade e a experiência do trabalhador. Cada estado possui leis que regulamentam a profissão e medidas acordadas entre sindicatos para definir o piso salarial. Em São Paulo, por exemplo, o piso é de R$ 1.841 para professores e personal trainers com jornada de 220 horas mensais.

 

Segundo uma pesquisa de 2013, feita pela Sociedade Brasileira de Personal Trainers (SBPT), a média salarial no Brasil é de R$ 2.500. Já o site de empregos Catho informa que um profissional ganha no país entre R$ 1.100 e R$ 2.560 por mês, com uma média de R$ 1.588 mensal.